História

 

O Clube Náutico da Figueira da Foz foi fundado em 1984 por um grupo de entusiastas dos desportos náuticos, como resposta à necessidade de uma estrutura de apoio às suas actividades.

Presentemente conta com setecentos associados, provenientes de várias localidades da região Centro, tais como Coimbra, Leiria, Aveiro, Viseu, Pombal, etc.

Instalado na área contígua à Marina do Porto da Figueira da Foz, a nossa sede social  reúne condições condignas para acolher os seus associados e convidados, assim como o nosso pavilhão náutico ( que dispõe de todas as valências para o ensino da prática da Vela , bem como para a formação das Cartas de Navegador de Recreio.

Anualmente este Clube dedica parte da sua actividade na organização de várias provas desportivas, nomeadamente, o Grande Prémio de Motonáutica e competições de vela Nacionais, regionais e locais, no âmbito do Calendário Oficial da Federação Portuguesa de Vela

A Marina da Figueira da Foz, com capacidade para trezentas e cinquenta embarcações, tem por grande maioria dos seus utilizadores, associados do Clube que por esse facto usufruem de uma série de serviços, tais como:

-Preços especiais na utilização dos serviços de Pórtico , recolha e armazenagem de embarcações e restauração;

-Bomba de Combustível;

Reunindo a cidade da Figueira da Foz óptimas condições para a prática da Vela, o CNAFF elegeu esta modalidade como "pilar" para o seu desenvolvimento.

O Clube dispõe de um Parque de Vela ligeira com uma área de mil e quinhentos metros quadrados, localizado junto à rampa de varadouro.

Para aprender ou aperfeiçoar a arte de velejar" existem cursos de vela ao longo do ano, com apoio de monitores qualificados.

Ultimamente e devido ao incremento da vela no nosso País as camadas mais jovens procuram o primeiro contacto com esta modalidade o que nos tem permitido reunir um leque de futuros bons velejadores. Na vertente de competição o número de participantes é bastante significativo a rondar os trinta elementos na Classe Optimist, Laser, Vaurien, Snipe, 420, 470, Hobbie Cat, Dart 18 e Laser SB20 onde os resultados deveras positivos, fazem realçar um trabalho de continuidade.